: :
os agilistas

ENZIMAS #50 Criando um movimento virtuoso – Daniel Amorim

ENZIMAS #50 Criando um movimento virtuoso – Daniel Amorim

os agilistas
: :
Marcelo: Bom dia, boa tarde, boa noite, esse é mais um episódio de Enzimas, breve reflexões que te ajudam a catalisar o agilismo em sua organização. Daniel: Olá, meu nome é Daniel Amorim, (estou como CIO) [00:00:12] da Pottencial Seguradora, e hoje eu gostaria de compartilhar com vocês sobre algumas visões, experiências, que eu acredito que são fundamentais no processo de evolução, de transformação. O que eu vou falar aqui não está relacionado somente a transformação digital, mas acredito que se aplica a qualquer desafio onde se faça necessário levar um time, ou um grupo, a construir algo que exija um esforço em conjunto, sinérgico, para alcançar um resultado diferenciado, e para iniciarmos essa reflexão, um ótimo exemplo é o momento que estamos passando agora com a pandemia. Muitas empresas, ao se deparar com esse cenário, elas tentam buscar uma reação, muitas vezes, desordenada, e correm o risco de ver os seus investimentos se perderem. Se nós pararmos para pensar, quando a gente olha do ponto de vista de tecnologia, as tecnologias habilitadoras já estão disponíveis há algum tempo, mas a grande dificuldade, muitas vezes, está no alinhamento de prioridades, no canalizar os esforços, investimentos, o que realmente vai trazer o resultado, sem aquele apego dos orçamentos feitos para diretoria, para cada uma das áreas, então seja qual for a mudança a ser realizada, é necessário construir uma visão que norteia a organização, que alinha as pessoas na mesma direção. E é claro que pela as pessoas engajadas com a visão, demanda esforço, dedicação, e principalmente, gerar experiência que sustenta esse processo, e é aqui que o mindset age e mostra o caminho, onde a partir dessa visão, a partir dos objetivos definidos, nós podemos selecionar iniciativas que possam alavancar esse processo, nós podemos formar pequenos grupos de coalizão, com autonomia para experimentação, com disciplina na coleta de aprendizados, iniciar o movimento e compartilhar os resultados alcançados. Isso vai mostrar para o restante da organização, para as pessoas, que é possível, e com isso nós criamos um movimento virtuoso, que rompe com aquelas frases prontas, (que é) [00:01:16]: “Aqui sempre foi assim, isso aqui não vai funcionar”. E a partir daí, aproveitando essas experiências adquiridas (para) [00:02:24] esses grupos menores, nós vamos construindo a credibilidade, que nos permite selecionar mais iniciativas, envolvendo mais pessoas, dentro daquilo que é o alinhamento de um (roadmap) [00:02:35] estratégico da empresa. A reflexão que eu queria deixar aqui é que a velocidade é importante, mas com certeza é mais importante construir uma organização culturalmente preparada para lidar e liderar as mudanças, para, de fato, entregar valor.
Marcelo: Bom dia, boa tarde, boa noite, esse é mais um episódio de Enzimas, breve reflexões que te ajudam a catalisar o agilismo em sua organização. Daniel: Olá, meu nome é Daniel Amorim, (estou como CIO) [00:00:12] da Pottencial Seguradora, e hoje eu gostaria de compartilhar com vocês sobre algumas visões, experiências, que eu acredito que são fundamentais no processo de evolução, de transformação. O que eu vou falar aqui não está relacionado somente a transformação digital, mas acredito que se aplica a qualquer desafio onde se faça necessário levar um time, ou um grupo, a construir algo que exija um esforço em conjunto, sinérgico, para alcançar um resultado diferenciado, e para iniciarmos essa reflexão, um ótimo exemplo é o momento que estamos passando agora com a pandemia. Muitas empresas, ao se deparar com esse cenário, elas tentam buscar uma reação, muitas vezes, desordenada, e correm o risco de ver os seus investimentos se perderem. Se nós pararmos para pensar, quando a gente olha do ponto de vista de tecnologia, as tecnologias habilitadoras já estão disponíveis há algum tempo, mas a grande dificuldade, muitas vezes, está no alinhamento de prioridades, no canalizar os esforços, investimentos, o que realmente vai trazer o resultado, sem aquele apego dos orçamentos feitos para diretoria, para cada uma das áreas, então seja qual for a mudança a ser realizada, é necessário construir uma visão que norteia a organização, que alinha as pessoas na mesma direção. E é claro que pela as pessoas engajadas com a visão, demanda esforço, dedicação, e principalmente, gerar experiência que sustenta esse processo, e é aqui que o mindset age e mostra o caminho, onde a partir dessa visão, a partir dos objetivos definidos, nós podemos selecionar iniciativas que possam alavancar esse processo, nós podemos formar pequenos grupos de coalizão, com autonomia para experimentação, com disciplina na coleta de aprendizados, iniciar o movimento e compartilhar os resultados alcançados. Isso vai mostrar para o restante da organização, para as pessoas, que é possível, e com isso nós criamos um movimento virtuoso, que rompe com aquelas frases prontas, (que é) [00:01:16]: “Aqui sempre foi assim, isso aqui não vai funcionar”. E a partir daí, aproveitando essas experiências adquiridas (para) [00:02:24] esses grupos menores, nós vamos construindo a credibilidade, que nos permite selecionar mais iniciativas, envolvendo mais pessoas, dentro daquilo que é o alinhamento de um (roadmap) [00:02:35] estratégico da empresa. A reflexão que eu queria deixar aqui é que a velocidade é importante, mas com certeza é mais importante construir uma organização culturalmente preparada para lidar e liderar as mudanças, para, de fato, entregar valor.

Descrição

Para seu time alcançar um resultado diferenciado é fundamental um esforço em conjunto. Sejam quais forem as mudanças necessárias é essencial construir uma visão que guie a organização e que alinhe todos na mesma direção. Para trazer uma reflexão a respeito do tema contamos com a participação do Daniel Amorim, CIO da Pottencial Seguradora.