Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O que são squads de trabalho e como eles constroem produtos de sucesso

Na construção de produtos focados no que o cliente precisa, antes de tudo, é necessário ter uma equipe multidisciplinar para a geração de valor constante. Por isso, neste post você descobrirá o que são os squads e como eles criam produtos de sucesso na era digital!

São essas particularidades que vão garantir a boa experiência do usuário, a mensuração dos processos e um resultado positivo. Já pensou em inserir esse modelo de trabalho na sua?

Este conteúdo é baseado no Enzimas #159 – Os responsáveis pelo sucesso do produto, ouça abaixo:

O que são squads de trabalho?

O que são squads de trabalho?

Os squads são grupos pequenos de profissionais focados na construção de um produto. Eles entregam valor continuamente e tem maior tendência em obterem sucesso rapidamente com suas soluções.

Isso porque, elas são construídas baseadas em dados e sempre em comunicação com o cliente. Enfim, eles têm todas as ferramentas e habilidades necessárias para projetar, desenvolver, testar e colocar no mercado a solução proposta.

Conheça abaixo os principais componentes de um squad bem estruturado:

Scrum Master

É este o profissional responsável por garantir que os ritos do Scrum estão sendo aplicados da melhor forma possível. Isso inclui a maneira como os profissionais estão puxando suas tarefas e do andamento do time como um todo.

Ele ainda é o profissional que fica de olho se o colaborador não está se comprometendo com entregas além do que ele consegue cumprir dentro de uma sprint.

Designer

O designer é o profissional do time que tenta olhar para a construção do produto com a visão do usuário, sempre se baseando em dados.

Com esses dados, ele consegue gerar hipóteses de usabilidade para validar o caminho que deve seguir. Por isso, é importante colocar o usuário da ferramenta sempre no centro, considerando o que ele precisa para resolver seu problema.

Assim, fica mais fácil ser assertivo na construção de um produto, economizando tempo e dinheiro.

Arquitetos

Os arquitetos são os responsáveis por fazer a manutenção e sustentação, mantendo o produto de pé e com eficiência. Mais que isso, é ele quem vai olhar para o design estrutural do projeto.

Sabe quando usamos uma plataforma ou aplicativo e rapidamente já resolvemos o que precisamos porque ela é intuitiva? Muito disso tem o olhar do arquiteto que estrutura de forma estratégica as informações presentes ali.

Leia também: 8 diferenças entre a metodologia ágil e tradicional

Desenvolvedores

São eles que vão colocar em prática todas as ideias validadas nas etapas anteriores. Depois de muito estudo, é hora de fazer o projeto sair do papel.

É o Desenvolvedor que entende com o restante do time sobre a usabilidade, pontos-chave da solução e por fim, a tira do papel.

Usando diferentes linguagens de programação, ele faz soluções automatizadas e inteligentes que refletem no resultado final.

Sponsor

Esse é quem mais acredita no projeto. Na maioria das vezes, é também quem financia e facilita a execução da solução. O Sponsor garante os recursos necessários para que o projeto seja construído, saia do papel e seja validado com os usuários.

Geralmente é o gerente executivo ou de projetos da empresa. Ele tem um olhar macro da construção e do investimento.

Product Manager

Lembra que antes de tudo ser construído, é feito um estudo para se garantir que estamos no caminho mais assertivo e que cura as dores que o cliente têm?

É o Product Manager ou PM que é responsável por manter o time alinhado com a estratégia adotada durante o processo. Além disso, é ele que sempre olha para a visão de produto e analisa as métricas.

Product Owner

Já o Product Owner ou PO, fica sempre entre cliente e time, garantindo o alinhamento entre eles. Por isso, ele que organiza o caminho de construção do produto em parceria com os outros profissionais do squad que vão realizar na prática as funções.

No fim, ele olha tanto para o time interno, quanto para as expectativas dos clientes. Além disso, faz a ligação entre eles, gerando valor nas entregas e evitando ruídos na comunicação.

Conclusão

Uma boa solução é construída com times multidisciplinares que se completam entre si, garantindo que se consiga fazer um estudo mais aprofundado, desde a construção, até o funcionamento em si do produto final. Este, por sua vez, mesmo após estar no mercado continua sendo observado e aprimorado, afinal, a transformação digital não para!

Acompanhe Os Agilistas nas redes sociais e ouça no seu canal de streaming favorito para continuar sua caminhada ágil!